ptzh-CNen

  • 2HO1IH2
  • china usa
  • Biblioteca Digital para a investigação científica e o conhecimento da história da China.
  • A China responde, através da cooperação internacional, à retórica anti-China dos EUA:

Leilão do 5G no Brasil é novo capítulo da guerra fria do século XXI entre China e Estados Unidos.

O Brasil está no centro da guerra fria do século XXI com o cobiçado leilão para ocupar a nova frequência celular a ser aberta no país, o 5G. A disputa por uma nova banda de comunicação no mercado tecnológico tem as duas nações mais ricas do mundo em posições de confronto: os Estados Unidos e a China. Em jogo, um mercado que pode atrair até 180 bilhões de reais em investimentos para o Brasil, país que tem mais celulares que habitantes —são 225,3 milhões de aparelhos para 209,5 milhões de pessoas.

No coração dessa concorrência estão a chinesa Huawei e companhias que não são americanas, mas que contam com a simpatia e, em alguns casos, com a promessa de financiamento do Governo Donald Trump. É o caso da sueca Ericsson, a finlandesa Nokia e a sul coreana Samsung. Elas, assim como a Huawei, são fornecedoras de equipamentos e serviços para companhias como Vivo, Claro, Tim, Oi e Algar. Esse quinteto, conforme informações do mercado e de técnicos do Governo Jair Bolsonaro, demonstrou interesse em estar no leilão. Atualmente, elas atuam nas redes 3G e 4G.

 

Ler artigo completo em: El País

Vacina chinesa que será testada no Brasil chega a São Paulo.

A vacina chinesa que vai começar a ser testada no Brasil pelo Instituto Butantan chegou no final da madrugada desta segunda-feira (20) ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. O avião saiu de Frankfurt, na Alemanha, e, após 11 horas de viagem, pousou por volta das 4h20 em Cumbica.

As vacinas seguem ainda nesta segunda-feira para o Instituto Butantan, que já pode, portanto, começar a fase de teste.

Para essa primeira etapa de análises, apenas profissionais da saúde de São Paulo, de outros 3 estados e do Distrito Federal vão participar da pesquisa. Segundo o governador João Doria, os testes vão durar 3 meses.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou no dia 3 de julho a terceira fase de testes da vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela farmacêutica chinesa de biotecnologia Sinovac. O pedido de autorização foi feito pelo Instituto Butantan.

 

Ler artigo completo em: G1

Presença chinesa e risco de guerra entram no radar militar do Brasil.

A presença da China na América do Sul, uma preocupação frequente dos Estados Unidos, entrou oficialmente no radar militar brasileiro. O risco de um confronto armado na região, também.

A atualização dos textos irmãos PDN (Política de Defesa Nacional) e END (Estratégia Nacional de Defesa), que será enviada ao Congresso no dia 22, mostra preocupação especial com os chamados “atores exóticos” no continente.

Os chineses já colocaram, segundo conta do Comando Sul das Forças Armadas dos EUA, US$ 180 bilhões (R$ 964 bilhões) em programas de infraestrutura de países da região —muitos no sul do continente. Aderiram ao estratégico programa chinês Iniciativa Cinturão e Rota 25 das 31 nações latino-americas.

Como documento de Estado, a dupla PND/END não nomeia ameaças, apenas apresenta objetivos e como chegar a eles com os recursos disponíveis, que são inventariados num terceiro documento em atualização, o Livro Branco de Defesa Nacional.

 

Ler artigo completo em: Folha de São Paulo

Huawei aplica tecnologia 5G a mina automatizada no Brasil.

A gigante tecnológica chinesa Huawei Technology Co. Ltd. vai participar num projecto de mineração automatizada a ser desenvolvido numa mina brasileira, tendo por base o 5G, a quinta geração de telecomunicações. A subsidiária local da Huawei assinou na semana passada um acordo nesse sentido com a mineradora brasileira Sul Americana de Metais S.A. (SAM), que é detida pelo grupo chinês Honbridge Holdings.

Segundo o International Mining, a tecnologia 5G da Huawei vai ser introduzida na mina Block 8, no Estado de Minas Gerais, no sudeste do Brasil. Estima-se que a mina possa produzir 27,5 milhões de toneladas de minério de ferro por ano.

Segundo o Director-Executivo da SAM, Jin Yongshi, o desenvolvimento de uma mina automatizada ou operada de forma remota, usando camiões, equipamento de perfuração e escavadoras não-tripuladas, é um dos objectivos da parceria, para assegurar elevados níveis de segurança operacional.

O Director-Executivo da Huawei Brasil, Sun Baocheng, prometeu cooperar com operadoras locais no projecto, para ajudar a desenvolver a tecnologia brasileira de telecomunicações, referiu o portal noticioso especializado.

Ler artigo completo em: Fórum China PLP

 

 

Diplomatas da China e EUA no Brasil discutem no Twitter sobre Xinjiang.

Uma briga no Twitter eclodiu entre os embaixadores dos EUA e da China no Brasil em um eco das relações tensas entre seus países.

Tudo começou na sexta-feira, com um retweet do embaixador americano Todd Chapman, de uma conta do Departamento de Estado que acusou o Partido Comunista da China de realizar uma "campanha de esterilização em massa para mulheres como parte de sua repressão aos uigures e outras minorias étnicas" em Xinjiang. "O silêncio não é uma opção", disse Chapman.

No sábado, a conta do Twitter da embaixada dos EUA citou o diretor do FBI Christopher Wray acusando a China de pagar a cientistas de universidades americanas "para trazer secretamente nosso conhecimento e inovação de volta à China - incluindo pesquisas valiosas financiadas pelo governo federal". Ele acrescentou: "Isso está acontecendo no Brasil?"

O embaixador chinês Yang Wanming reagiu no domingo, com um tweet que dizia “esse homem vem ao Brasil com uma missão especial, que é atacar a China com rumores e mentiras. Aconselhamos que você pare de fazer atividades desse tipo... Uma formiga tenta derrubar uma árvore gigante, ridiculamente exagerando sua capacidade."

Foi um pequeno eco de uma disputa maior. O governo da China disse na sexta-feira que retaliará autoridades e instituições dos EUA após a imposição de sanções a Washington por três autoridades locais do Partido Comunista no poder por violações dos direitos humanos na região noroeste de Xinjiang.

Brasil e EUA estão fortemente alinhados. Em 4 de julho, pouco antes de dar positivo para o Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro esteve com Chapman para comemorar o Dia da Independência dos EUA.

 

Ler artigo completo em: South China Morning Post

Mudança na lei deve atrair China e França para negócios de água no Brasil.

A nova lei do setor do saneamento aprovada pelo Congresso em junho vai mudar a cara dos serviços de tratamento de água e esgoto no país ao longo dos próximos anos. Para especialistas, as novas regras vão fomentar investimentos não só das empresas já presentes nesse mercado, como também atrair companhias de outros ramos de atividades. A mudança permite a entrada de empresas privadas em todo o país, não só companhias públicas. Isso inclui empresas brasileiras e estrangeiras, de países como China, França e Espanha.

Para profissionais que acompanham o setor, as concessionárias de energia e de estradas, locais e estrangeiras, são fortes candidatas a entrar no mercado de saneamento, passando a concorrer com as empresas de água e esgoto que já atuam no setor. Esse interesse será compartilhado por grupos locais e estrangeiros, de olho em um negócio de centenas de bilhões de reais.

 

Ler artigo completo em: UOL