ptzh-CNen

  • Home
  • Úteis
  • Mais de 130 artistas na semana cultural da China e países lusófonos em Macau

Mais de 130 artistas na semana cultural da China e países lusófonos em Macau

Mais de 130 artistas participam, de 9 a 14 de outubro, na 10.ª Semana Cultural da China e dos países de língua portuguesa, anunciou esta quarta-feira a organização.

Mais de 130 artistas participam a partir do dia 9 de outubro na 10.ª Semana Cultural da China e dos países de língua portuguesa que junta artistas de dança, música, teatro e gastronomia lusófonos, anunciou esta quarta-feira a organização.

O evento, que se realiza em Macau desde 2008, tem, este ano, concertos no Largo do Senado, no coração de Macau, e na Doca dos Pescadores de grupos de Portugal (D.A.M.A), Cabo Verde (Grace Évora e Banda), Angola (Paulo Flores), Timor-Leste (Black Jesuz), Moçambique (Moza Band), Brasil (Banda Circulô), Guiné-Bissau (Rui Sangara), São Tomé e Príncipe (Alex Dinho) e China (Grupo Artístico Folclórico de Songjiang).

Vai ser a estreia dos D.A.M.A em Macau e um dos elementos, Miguel Cristovinho, disse esta quarta-feira à Lusa que o grupo vai fazer três concertos no território, assumindo que o facto de cantarem para portugueses que estão tão longe do país tem um sabor especial.

Pelo quinto ano consecutivo, a Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa de Macau volta a ter uma mostra de teatro de países e territórios lusófonos e vai integrar companhias de Macau, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Angola, entre os dias 9 e 14 de outubro.

Vai ainda haver uma feira de artesanato da província de Guizhou da China e dos países e regiões de língua portuguesa, assim como uma mostra de produtos alimentares, tantos chineses, como lusófonos, entre os dias 13 e 18 de outubro na Doca dos Pescadores.

A gastronomia lusófona vai também estar em destaque na Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa. Dez ‘chefs’ propostos pelas associações lusófonas locais vão preparar iguarias típicas das regiões de matriz portuguesa, desde o Brasil, passando por Portugal e até de Goa e Macau. O chefe cabo-verdiano José Olívio de Brito Fernandes e o moçambicano Humberto Nhamtumbo vão organizar workshops no Instituto de Formação Turística nos dias 18 e 19 de outubro.

A Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa é organizada pelo Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum Macau), sendo coorganizadores o Instituto Cultural de Macau e o Instituto para os Assuntos Cívicos e Municipais da cidade. Conta ainda com a colaboração das associações das comunidades lusófonas que existem em Macau.

Durante a conferência de imprensa da 10.ª semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, a secretária-geral adjunta do Secretariado Permanente do Fórum Macau, Glória Batalha, afirmou que o orçamento do evento rondará os 9 milhões de patacas (951.000 euros).

Fonte: observador.pt (2018). Mais de 130 artistas na semana cultural da China e países lusófonos em Macau [online]  Mais Info