ptzh-CNen

Entrevista de Paulo Duarte sobre a Nova Rota da Seda à Radio France Internationale

No dia 26 de abril de 2019, Paulo Duarte, professor universitário e especialista da Nova Rota da Seda chinesa, foi entrevistado pela Radio France Internationale (RFI), no âmbito da realização do 2.º Fórum Internacional para a Cooperação de "Uma Faixa, Uma Rota", em Pequim.

Nesta entrevista, Paulo Duarte esclarece as razões económicas e políticas subjacentes à Nova Rota da Seda bem como os interesses chinês em relação ao investimento na Europa e em África. 

Relativamente à participação de Portugal neste projeto, sobretudo na sua vertente marítima, o investigador relembra a importância do Porto de Sines e Porto da Praia da Vitória, nos Açores.

Poderá ouvir a entrevista completa no link:

Entrevista de Paulo Duarte sobre a Nova Rota da Seda

Seminário para a Promoção do Entendimento entre os Povos e a Construção conjunta da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”

No dia 18 de abril, o Observatório da China esteve presente e participou no Seminário para a Promoção do Entendimento entre os Povos e a Construção conjunta da iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”.

Na inauguração deste evento, esteve presente o Embaixador da China em Portugal, Cai Run, que apresentou a delegação chinesa e destacou a amizade entre a China e Portugal.

De seguida, discursou Paulo Portas, Ex. Vice-Primeiro-Ministro, sobre o progresso da China ao longo dos 40 anos desde o seu processo de abertura, salientando o interesse português no mercado consumidor chinês. Reforçou ainda que o projeto da Nova Rota da Seda contribuiu ativamente para o aumento da conectividade entre economias, regiões e povos.

Após a intervenção de Paulo Portas, seguiu-se o Presidente da Associação do Povo Chinês para a Paz e o Desarmamento, Ma Biao, que esclareceu a evolução da Nova Rota da Seda ao longo destes seis anos, considerando importante o futuro da cooperação entre Portugal e China no âmbito deste projeto.

Por último, mencionamos as intervenções dos presidentes das seguintes organizações não-governamentais portuguesas ligadas à China: Fernanda Ilhéu da Associação dos Amigos da Nova Rota da Seda, General Pinto Ramalho da Liga Multissecular da Amizade Portugal-China e Rui Lourido do Observatório da China.

ult

 

Liliana Sousa

Conferência “O Futuro de Macau na Nova China”

No dia 16 de abril de 2019, o Observatório da China esteve presente na conferência “O Futuro de Macau na Nova China”, organizada pela agência de notícias Lusa. Esta iniciativa contou com o apoio institucional do Centro Científico e Cultural de Macau, da Embaixada da China em Portugal e da Associação dos Jovens Empresários Portugal-China.

No início deste evento, o Presidente da Lusa, Nicolau Santos, apresentou as iniciativas que esta agência noticiosa está a desenvolver com a China com o objetivo de diversificar a sua produção noticiosa. Destacou a delegação da agência em Pequim e em Macau bem como o microsite (https://macau20anos.lusa.pt/) desenvolvido, cuja produção de notícias se centra na temática das relações diplomáticas de Portugal-China.

“China: Oportunidades de Futuro” e “As Pontes para a Lusofonia” foram os temas dos painéis apresentados que contaram com a participação dos representantes de várias entidades relacionadas com a China em Portugal, nomeadamente: Fundação Oriente, Câmara de Comércio Luso-Chinesa, Fundação Jorge Álvares e AICEP. Relativamente à Lusofonia, marcou presença representantes da Confederação Empresarial de CPLP e o Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Fórum de Macau).

20190416 174419 1559124202751 resizedLiliana Sousa

 

Mais artigos...