ptzh-CNen

Conferência “Região Administrativa Especial de Macau como Plataforma de Negócios”

No dia 20 de março de 2019, o Observatório da China esteve presente na conferência sobre o papel da Região Administrativa Especial de Macau (RAEM), como uma plataforma de negócios entre a República Popular da China e a lusofonia, que teve lugar no Auditório da Delegação Económica e Comercial de Macau, em Lisboa. Neste evento, foram ainda abordados a importância do Fórum Macau e o plano chinês para a Área da Grande Baía.

Organizada pela Delegação Económica e Comercial de Macau e a Rato, Ling, Lei & Cortés – Advogados e Notários, sediada em Macau, esta iniciativa teve como objetivo principal dar a conhecer o ambiente de negócios que se vive na RAEM bem como a organização política e administrativa da região.

Os oradores – Diogo Machado, Pedro Cortés, Óscar Madureira e Bruno Nunes – salientaram a comemoração dos 20 anos da transferência de soberania da RAEM para a China e os 40 anos das Relações Diplomáticas Portugal-China.

Além disso, destacaram a singularidade histórica de Macau e a amizade secular luso-chinesa, reforçando que a sociedade civil deve estar atenta às potencialidades deste território relativamente ao ambiente favorável e acolhedor que se vive no mundo dos negócios.

Este evento contou ainda com a presença da UCCLA-União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLA), da Liga dos Chineses em Portugal e da Associação dos Jovens Empresários Portugal-China (AJEPC).

site4

 

Liliana Sousa

II Congresso Internacional “Diálogos Interculturais Portugal-China”

O Instituto Confúcio da Universidade de Aveiro organizou a segunda edição do Congresso Internacional de “Diálogos Interculturais Portugal-China”, que teve lugar nos dias 13, 14 e 15 de março de 2019, evento que contou com a participação do Observatório da China.

Para além da comunicação do Presidente do Observatório da China, Rui Lourido, esta iniciativa contou com a intervenção dos membros fundadores da Associação, Jorge Tavares da Silva e Zélia Breda.

Damos nota das intervenções que integram o Observatório da China, o corpo docente e discente do Mestrado em Estudos Chineses da Universidade de Aveiro e de investigadores académicos.

  • Rui D'Ávila Lourido (Observatório da China)

China-Portugal e os países Lusófonos: velhos desafios, novas soluções – a Rota da Seda do Século XXI: Rutura ou continuidade;

  • Liliana Sousa (Mestranda em Estudos Chineses, Universidade de Aveiro) & Jorge Tavares da Silva (GOVCOPP, Universidade de Aveiro)

O Contributo das Associações e das Fundações para o Estudo e Divulgação da China em Portugal: o caso do Observatório da China

  • Jorge Tavares da Silva (Universidade de Aveiro)

As Dinâmicas da Iniciativa "Uma Faixa, Uma Rota" e o Domínio Marítimo-Portuário Português

  • Zélia Breda, Gorete Dinis & Vítor Rodrigues (DEGEIT, Universidade de Aveiro & Escola de Educação e Ciências Sociais, Instituto Politécnico de Portalegre), Como chegar ao mercado turístico chinês? Análise das plataformas digitais usadas na China
  • Emanuel Leite Jr. & Carlos Rodrigues (DCSPT, Universidade de Aveiro)

República Popular da China: diplomacia do desporto e o intercâmbio com Portugal através do futebol

  • Fan ZhongPu & Jorge Tavares da Silva (Universidade de Aveiro)

O Sistema Vertical de Democracia Meritocrática na China

  • Anabela Rodrigues Santiago (Universidade de Aveiro)

O reforço da Parceria Estratégica Global como via para a consolidação da iniciativa “One Belt, One Road” em Portugal

  • Álvaro Augusto da Rosa (ISCTE – IUL)

China contemporânea: do desenvolvimento económico à civilização ecológica

  • António Graça de Abreu (DCSPT, Universidade de Aveiro)

Do Erotismo Suave na Poesia Clássica Chinesa: exemplos e figurações

Mais artigos...