ptzh-CNen

Exposição Rota Marítima da Seda

O Observatório da China tem o prazer convidar V.Ex.ª para a inauguração da exposição “Cantão e a Rota Marítima da Seda” que terá lugar no próximo dia 21 de setembro pelas 19h00 no Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo – Largo Conde de Vila Flor, 7000-804 Évora.

Esta iniciativa resulta da parceria do Observatório da China com o Museu de Guangzhou, Direção Regional de Cultura do Alentejo/ Museu Nacional Frei Manuel do Cenáculo, Câmara Municipal de Évora e que conta com o apoio da Embaixada da República Popular da China, União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa e o Turismo do Alentejo – ERT. A exposição estará patente de 21 de setembro a 31 de dezembro.

eConvite CRMS2017

Continue a leitura

Ópera de Pequim em Lisboa

Data: 26 de setembro de 2017

Classificação: M/12 anos. Interdita entrada a menores de 6 anos.

Duração: 90 min. s/ intervalo

Organizador: Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Custo: 10 €  | Compra dos Bilhetes: Ticketline 

opera de pequim lx

Continue a leitura

Seminário sobre a Construção e Planejamento Urbanístico para os Países de Língua Portuguesa 2017

O Observatório da China foi convidado a participar no Seminário sobre a Construção e Planejamento Urbanístico para os Países de Língua Portuguesa 2017, sendo destacado o Dr. José de Sousa para essa mesma representação. Afim de obter uma descrição mais pessoal, partilhamos consigo o seu testemunho sob a iniciativa:

Viagem Jose de Sousa1

"Tive a oportunidade de participar num seminário sobre planeamento urbano organizado pela Business School de Xangai e a China Aid, entre 15 e 28 de Agosto. Este seminário dirigiu-se a países de língua portuguesa e contou com delegações do Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Portugal. Esta acção insere-se numa forte diplomacia económica que a China está a levar a cabo, revelando que está aberta ao mundo e o que de melhor tem para oferecer. E de facto, Xangai foi uma surpresa agradável. É uma cidade bastante sofisticada, com abundantes espaços verdes; com espaços públicos de grande qualidade que tornam agradável conhecer as zonas centrais da cidade andando a pé. Tem uma qualidade do ar e níveis de ruído bastante aceitáveis, a que não será alheia a política de mobilidade em que apenas 20% das pessoas utilizam automóvel. Xangai dispõe de óptimos transportes públicos com uma extensa e moderna rede de metro com cerca 580 km. A bicicleta continua a ter grande importância (ao contrário das duas outras cidades que visitei, Qingdao e Dalian), tirando partido da utilização de tecnologias de comunicação no seu uso partilhado. De facto, gerir uma área metropolitana com 55 milhões de pessoas com aparente sucesso, é obra. O planeamento é essencial!

Viagem Jose de Sousa2

Outro aspecto interessante é o sistema de pagamentos, com a utilização generalizada do telemóvel e dos códigos QR.

A China parece apostada, entre outras coisas, em valorizar o seu património histórico. Em cidades modernas e relativamente jovens como Qingdao e Dalian (pouco mais que 100 anos) esse património é escasso. Um dado curioso da visita a estas duas cidades foi conhecer algo deixado por estrangeiros. No caso de Qingdao, antiga colónia alemã, uma fábrica de cerveja fundada por alemães e o palácio do governador alemão. Em Dalian, uma rua com edifícios construídos por russos. Sobretudo no primeiro caso, isto parecer revelar que a China deixou para trás os traumas da colonização europeia de partes do seu território e procurar agora tirar partido do que de positivo ficou.

A nossa percepção da China não pode continuar a basear-se pela medida das lojas dos chineses. Se o fizermos, cometeremos um erro grave."

José de Sousa

[Vogal da Direção do Observatório da China]

Espetáculo da Associação da Cultura Chinesa Pensamento Oriental (ACCPO)

Organizado por: Associação da Cultura Chinesa Pensamento Oriental  (ACCPO) e Liga dos Chineses em Portugal

Local: Casino da Póvoa do Varzim

Data: 15 de outubro de 2017, pelas 21h00.

A Associação da Cultura Chinesa Pensamento Oriental tem como objectivo promover a cultura chinesa em Portugal, oferecendo um vasto leque de serviços nas áreas de música tocada por instrumentos tradicionais chineses e danças tradicionais chinesas. 


O grupo de arte chinesa Pensamento Oriental esteve já presente em vários eventos, nomeadamente no Festival da Primavera em Lisboa e no Instituto Confúcio em Aveiro, Mid-Autumn Festival, RPC National Day’s Event, III Gala Portugal China 2016, 8.º Aniversário da Fundação Oriente, CTO Summit Huawei-Vodafone, Apresentação de Turismo da China em Aveiro, e entre outros. 

Continue a leitura

Espetáculo do Taiwan Chorus

Local: Auditório do Museu do Oriente

Data: 2017/08/12, pelas 17h00

Duração: 94’, sem intervalo

Entrada Livre (condicionada pela lotação da sala)

O Taiwan Chorus foi criado no ano de 1992 e dedica-se a preservar a tradição musical da região, com destaque para o folclore e canções de raiz popular. Dirigido por Wu Hung-Chang, diretor artístico e maestro do coro. O coro é constituído, atualmente, por noventa membros e marca presença regular em diferentes festivais, contando já com uma intensa produção discográfica.

Taiwan Chorus

Continue a leitura

Primeiro voo direto Lisboa // Pequim // Hangzhou // Macau

A efectivação da primeira viagem Portugal China abre novas perspectivas ao relacionamento vindouro entre ambos Estados, pelo que o Observatório da China se congratula com esta marcante realização, desejando que estas ligações aéreas tenham um desenvolvimento harmonioso e se consolidem.

Neste mesmo sentido, o Observatório da China esteve presente no lançamento da ligação aérea Portugal China, que teve lugar no Espelho d’Água no dia 11 de julho de 2017:

Foto lancamento OC

Continue a leitura

LPS Shanghai 2017 - Pavilhão Portugal

LPS Shanghai 2017 - Pavilhão Portugal

16.ª edição da LPS – The Luxury Properties Showcase, edição de Shanghai

Trata-se de uma das principais feiras de Real Estate de Luxo e investimento da China, que contará com a presença exclusiva de convidados da mais alta elite de investidores chineses.

A Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa (CCILC) e a Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários (APPII), em parceria com a organização do evento, uniram-se para a criação do Pavilhão de Portugal, um local exclusivo de grande visibilidade. As empresas participantes terão ainda acesso a um conjunto de benefícios extra, numa oportunidade única de dar a conhecer as mais valias de investir em Portugal.

Data(s): 8 a 10 de dezembro de 2017

Continue a leitura

Conferência "A Fundação Casa de Macau e o Oriente"

Organização: Comissão Asiática

Data: 7 de julho de 2017 ADIADA: 14 de julho, pelas 17h30

Local: Auditório Adriano Moreira, Sociedade de Geografia de Lisboa – Rua das Portas de Santo Antão n.º 100, 1150-269 Lisboa

Serão oradores o Dr. Jorge Rangel (Presidente da Fundação Casa de Macau) e o Dr. Mário Matos dos Santos (Director-Geral da Fundação Casa de Macau).

soc

Fórum e Feira Internacional de Negócios - China e Países de Língua Portuguesa e Espanhola (FIN)

fin2017

Data: 21 a 23 de junho de 2017

Local: Exponor, Matosinhos – Porto

Organização:Associação dos Jovens Empresários Portugal-China (AJEPC)  em colaboração com aFederação Sino PLPE

Uma oportunidade única para os empresários portugueses promoverem os seus bens e serviços na China e nos Países de Língua Portuguesa e Espanhola sem saírem de Portugal, num evento que reunirá diversos líderes empresariais, institucionais e governamentais do mundo, sendo esta uma iniciativa que promove o país e potencia o networking para os desenvolvimento de negócios.

+ info

Seminário “A Nova Rota da Seda do Século XXI e as Mudanças Geopolíticas que se Perspetivam”

A Nova Rota da Seda do Século XXI e as Mudanças Geopolíticas que se Perspetivam

 

 

Data: 26 de junho 2017, pelas 9h30

Local: ISEG (Auditório 5, Rua do Quelhas)

Organização: CEsA – Centro de Estudos sobre África, Ásia e América Latina do ISEG – Lisbon School of Economics & Management da Universidade de Lisboa; ChinaLogus  (núcleo do Centro de Estudos de Gestão do ISEG/ULisboa) e os Amigos da Nova Rota da Seda.

A entrada é livre, mediante inscrição prévia aqui.

Continue a leitura

Mais artigos...