ptzh-CNen

Seminário sobre Cultura e Literatura Chinesas - Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa

O Instituto Confúcio da Universidade de Lisboa tem o prazer de divulgar o Seminário/Palestra sobre a Cultura e Literaturas Chinesas.

Este evento contará com a presença do orador convidado - o Professor Wang Hongyin da Universidade de Nankai - e terá lugar na sala B.2 do edifício da Biblioteca da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, no dia 8 de novembro de 2018 entre as 18h30 e 19h30.

634744033724280000

Exposição Uma Faixa e Uma Rota – O futuro partilhado por toda a Humanidade na Universidade de Évora

A convite da Embaixada da República Popular da China, o Observatório da China e a Universidade de Évora colaboraram na organização da exposição “Uma Faixa e uma Rota – O futuro partilhado por toda a Humanidade”. Esta exposição foi inaugurada a 1 de novembro, no âmbito da comemoração do Dia da Universidade de Évora, e vai estar patente ao público até 31 de novembro. 

A cerimónia de inauguração desta exposição contou com os discursos da Reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, do Presidente do Observatório da China, Rui Lourido e do Senhor Embaixador da República Popular da China, Cai Run, que após o seu discurso, deu início a uma visita guiada à exposição, patente no Centro do Mundo Octógono, no corredor de acesso à Biblioteca da Universidade, durante todo o mês de novembro.

IMG 20181101 111532 j  

A Nova Rota da Seda é uma iniciativa da China, que apela à participação de todos os países (contando já com a parceria de mais de cem países) e organizações internacionais, com o objetivo de fomentar o livre comércio entre a Ásia e o Ocidente, contribuindo para o progresso da economia mundial e respetivas sociedades, num processo de desenvolvimento pacífico e sustentável. Cinco anos depois da implementação deste projeto chinês, constatamos as inúmeras parcerias económicas e de desenvolvimento de infraestruturas, que visam garantir um benefício mútuo e prosperidade económica e social para todas as nações participantes. Neste sentido, a posição estratégica de Portugal e a amizade secular que nos une à China, realça a importância do nosso território como nação marítima e na participação prioritária na vertente marítima deste projeto chinês, visto que “é o ponto de partida da antiga Rota da Seda Marítima da Europa”, afirmação que pode ser vista no último painel que encerra esta exposição.

IMG 20181101 160158 222

Por último, destacamos a informação apresentada pelos 33 painéis cuja função é divulgar, junto da comunidade académica e do público em geral, a iniciativa - Uma Faixa, Uma Rota – nas vertentes terrestre e marítima e o conjunto dos seus valores e espírito, nomeadamente, ser uma iniciativa aberta, inclusiva de novos países e organizações internacionais, reger-se pelo benefício mútuo, ser pacífica e de não interferência nos assuntos internos dos outros países. Além desta vertente dinamizadora da cultura económica, política e social chinesa, esta exposição assume um importante papel pedagógico, na medida em que dá uma visão alargada sobre este ambicioso projeto proposto pelo Presidente Chinês Xi Jinping.

Liliana Sousa

Convite - Cerimónia de apresentação da Associação Portuguesa dos Amigos da Cultura Chinesa

O Observatório da China divulga o convite da Senhora Professora Doutora Wang Suoying, Presidente da Associação Portuguesa dos Amigos da Cultura Chinesa.

Esta cerimónia tem como objetivo primordial dar a conhecer a Associação Portuguesa dos Amigos da Cultura Chinesa, na qual também será feita a inauguração do Centro de Intercâmbio Cultural Molihua. E, ainda, serão lançadas as Obras Corais em Mandarim de Carlos Santos Silva.

Este evento decorrerá no dia 6 de novembro de 2018, pelas 18h, na sede da Associação e Centro de Intercâmbio Cultural Molihua e contará coma a ilustre presença do Senhor Cai Run, Embaixador da República Popular da China em Portugal.

ConviteFinal  nova

Nota de Imprensa do Instituto Politécnico de Macau sobre a Palestra "Xie Qing Gao (1965-1822) em Portugal: um viajante chinês no Ocidente"

Na sequência da apresentação da palestra, intitulada "Xie Qing Gao (1765-1822) em Portugal: um viajante chinês no Ocidente" da autoria do Dr. Rui Lourido (Presidente do Observatório da China e Coordenador Cultural da UCCLA - União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa), a qual teve lugar no edifício Man Tak, sala M611, no Instituto Politécnico de Macau, no dia 24 de outubro de 2018, recebeu uma nota de imprensa que foi divulgada na rede social WeChat muito popular no Interior da China.

Para visualizar esta nota de impressa, consulte: IPM

 

640

Cerimónia de inauguração da exposição do concurso de fotografias do IIM “Macau – Património, Gastronomia e Tradições”

 CONVITE  邀請函

macau

 

 

O Instituto Internacional de Macau (IIM) tem a honra de convidar V.Exa. para a cerimónia de inauguração da exposição do concurso de fotografias do IIM “Macau – Património, Gastronomia e Tradições”, a qual terá lugar no Pavilhão Chun Chou Tong, do Jardim Lou Lim Ieoc, no dia 6 de Novembro, terça-feira, pelas 18:30 horas.

Uma iniciativa conjunta do IIM, em co-organização com a Associação de Fotografia Digital de Macau e Clube Leo Macau Central e com o patrocínio da Fundação Macau, a sessão incluirá a entrega de prémios aos vencedores deste concurso.

A exposição com a mostra de fotografias será diariamente entre 6 a 11 de Novembro no referido local, sendo a entrada livre.

 

 

澳門國際研究所謹訂於11月6日(星期二)下午六時半,假澳門盧廉若公園春草堂舉行「2018年澳門世遺、美食與傳統攝影比賽」攝影展開幕式,

誠摯邀請您的蒞臨指導。

是次活動獲澳門基金會贊助。澳門國際研究所主辦,澳門數碼攝影學會及澳門濠江中央獅子會聯合舉辦。活動期間將頒發獎品予是次比賽的得獎者。

開幕式後,所有參賽作品將在盧廉若公園春草堂開放給市民及遊客觀賞,展期由11月6日至11日(上午九時至下午七時),公眾假期照常開放。

免費入場

Evento "Doclisboa'17 - Extensão a Macau"

O Observatório da China, em parceria com o Instituto Português do Oriente, apresenta mais uma edição da extensão a Macau do DocLisboa, que se realiza entre os dias 5 e 10 de novembro de 2018, no Auditório Dr. Stanley Ho.

Anualmente organizado pelo IPOR, a edição deste ano apresentará 14 títulos, abrindo logo no dia 5, às 18h na Cinemateca Paixão, com uma estreia absoluta no Oriente: trata-se do filme Pé San Ié – O poeta de Macau, um trabalho de Rosa Coutinho Cabral, produzido por Maria Paula Monteiro e com a participação de Carlos Morais José. 

Esta extensão a Macau do DocLisboa visa celebrar esse sucesso, reforçando o desenvolvimento das trocas culturais entre Portugal e a RAEM, mas também o reforço dos laços de colaboração e partilha de boas práticas entre produtores, realizadores e outros agentes envolvidos naquilo que é hoje um eixo fundamental da estratégia nacional para a promoção da cultura e das artes.

doc ipor site

 

Continue a leitura

Exposição “Três Embaixadas Europeias à China” no Museu do Oriente

O Observatório da China tem o prazer de se associar ao Museu do Oriente na divulgação da Exposição "Três Embaixadas Europeias à China" que será inaugurada no próximo dia 8 de novembro de 2018, pelas 18h30 e estará patente até 21 de abril de 2019.

Protagonizada por portugueses ao longo de cinco séculos (XIII a XVIII), a história dos contactos político-diplomáticos entre a Europa e a China é dada a conhecer em “Três Embaixadas Europeias à China”, por meio da exposição de peças raras que ilustram a história dos primeiros diplomatas portugueses na China: Tomé Pires, Francisco Pacheco de Sampaio e Lourenço de Portugal.

Grande Rolo Amarelo Carta Biblioteca Nacional

Continue a leitura

Delegação da Academia de Ciências Sociais da China

No passado dia 25 de outubro de 2018, o Observatório da China recebeu uma delegação da Academia das Ciências Sociais da China para uma reunião que contribuiu para o reconhecimento do valor de ambas as instituições na promoção dos estudos multidisciplinares chineses em Portugal e na China.

No futuro, tanto o Observatório da China como a Academia de Ciências Sociais da China, consideram que o nascimento de uma parceria de amizade e de cooperação será benéfica para a dinamização e intercâmbio de conhecimento e de investigadores entre Portugal e a China. Segue-se a apresentação da Academia de Ciências Sociais da China (designada em inglês pela sigla CASS – Chinese Academy of Social Sciences) que possui seis divisões de investigação científica nas seguintes áreas do conhecimento social e humano: Literatura e Filosofia, História, Economia, Estudos Sociais, Políticos e de Direito, Estudos Internacionais e, por último, de Estudos Marxistas. Destaca-se, ainda a existência de duas instituições de ensino – Universidade da Academia de Ciências Sociais da China e a Escola de Graduação CASS – e de inúmeros Institutos de Publicações.

IMG-20181026-WA0016

Continue a leitura

23.ª Feira Internacional de Macau

De 18 a 20 de outubro de 2018 teve lugar, no Venetian Macao, a 23.ª Feira Internacional de Macau e, em simultâneo, a PLPEX – Exposição de Produtos e Serviços dos Países de Língua Portuguesa (Macau). Esta iniciativa é organizada pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM), e contou, com co-organização do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa e a Federação Empresarial da China e dos Países de Língua Portuguesa, entre outros.

MIF Entrada Plpex MIF

Nesta edição, de 2018, o tema foi “Aproveite a Plataforma e Explore Oportunidades de Negócios entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, procurando estimular as trocas entre estes países, assim como estimular parcerias de cooperação entre os seus participantes. Nela estiveram expositores das mais variadas áreas, desde o fornecimento de serviços como a consultoria, tradução até à exportação de vinho e outros bens.

OC stand Entrevista

O Observatório da China esteve, à semelhança do ano de 2017, representado na PLPEX. A sua presença permitiu a troca de sinergias com os vários participantes, assim como a promoção da sua atividade aos vários participantes da feira.

Nesta iniciativa, para além do espaço expositivo, ocorrem muitas mais atividades paralelas. Os dias são preenchidos de fóruns e seminários, nas mais variadas áreas, como poderá verificar no programa.

Magusto na Casa de Macau 2018

O Observatório da China tem o prazer de divulgar o Magusto na Casa de Macau. Este evento realizar-se-á no dia 10 de novembro de 2018 (sábado), a partir das 17 horas. 

A Casa de Macau celebrar o Magusto proporcionando um lanche ajantarado em que serão servidos os pratos tradicionais da época, como o caldo verde, as febras e as castanhas assadas.

Castanhas-SaoMartinho

 

Continue a leitura

Jornadas Sapientia Asiática 2018

O Observatório da China associa-se à Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa para a divulgação das Jornadas Sapientia Asiática 2018, que se realizarão nos dias 5, 6 e 7 de novembro, na Faculdade de Letras (Anfiteatro 3) e na Biblioteca da Ajuda.

jornadas sapientia asiatica 2018

Continue a leitura

Inauguração da Exposição "Uma Faixa e Uma Rota"

O Observatório da China tem o prazer de anunciar a inauguração da Exposição "Uma Faixa e Uma Rota", que decorrerá no dia 1 de novembro de 2018, pelas 15h30, no Colégio de Espírito Santo.

Este evento foi organizado e promovido pelas seguintes entidades: a Embaixada da República Popular da China em Portugal, Universidade de Évora e  Observatório da China.

 convite exposição uma faixa e uma rota

Mais artigos...