ptzh-CNen

China pede que o Reino Unido tenha política independente em vez de 'dançar ao som dos EUA'.

Segundo o embaixador chinês no Reino Unido, Liu Xiaoming, "seria uma decisão totalmente errada para o governo do Reino Unido impor sanções unilaterais a indivíduos chineses e se o governo do Reino Unido chegar ao ponto de impor sanções a qualquer indivíduo na China, a China certamente responderá com firmeza"..

A mais recente proibição da Huawei no Reino Unido já causou ondas de choque entre acadêmicos e representantes de empresas no Reino Unido e na China, que estão profundamente preocupados com as possíveis conseqüências graves nos laços bilaterais entre os dois países.

Antes da visita do secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, ao Reino Unido, o secretário de Relações Exteriores do Reino Unido, Dominic Raab, vem intensificando sua retórica dura sobre a China, sugerindo que o governo britânico está se preparando para seguir o Canadá e a Austrália ao finalizar seu tratado de extradição com Hong Kong. 

Tal movimento é visto como "simbólico", já que o Reino Unido seguiu os EUA ao expressar sua rejeição à lei de segurança nacional recentemente aprovada para Hong Kong.

 

Ler artigo completo em: Global Times