ptzh-CNen

China ameaça retaliar após EUA aprovarem venda de US$ 1 bi em mísseis para Taiwan.

O governo dos Estados Unidos anunciou a aprovação da venda a Taiwan de 135 mísseis de defesa Slam-ER, que têm capacidade de alcançar a China continental, por US$ S1 bilhão de ddólares. 

Em meio a uma espécie de Guerra Fria 2.0 com a China, Washington também diecidiu vender à ilha que Pequim considera rebelde lança-foguetes táticos por US$ 436 milhões e equipaentos de imagem para reconhecimento aéreo por US$ 367 milhões, o que eleva o total dos contratos a US$ 1,8 bilhões.

A venda dos 135 mísseuss "serve aos interesses econômicos e de segrança nacional dos EUA, ajudando Taiwan a modernizar suas Forças Aradas e a conservar uma capacidade e defesa confiável", afirou o Departamento de Estado aao anunciar a decisão.

A China, que reivindica Taiwan como parte de seu território, pediu a Washington que anule a venda "para evitar maiores prejuízos às relações bilaterais, assim como à paz e à estabilidade do Estreito de Taiwan".

"A China dará uma legítima e necessária resposta a depender da evolução da situação", alertou o porta-voz da dplomacia chinesa, Zhao Lijan.

 

Ler artigo completo em: Folha de São Paulo