ptzh-CNen

A China diz que a cooperação EUA-Japão não deve prejudicar os interesses de terceiros

A cooperação entre os Estados Unidos e o Japão não deve prejudicar os interesses de terceiros, disse o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros chinês Zhao Lijian numa conferência de imprensa diária na terça-feira.

Os seus comentários vieram depois de o Secretário de Estado norte-americano Antony Blinken e o Secretário de Defesa Lloyd Austin terem visitado o Japão e mantido conversações com funcionários japoneses. A China foi considerada uma "ameaça", enquanto as partes envolvidas expressaram o seu empenho em "opor-se à coerção e ao comportamento desestabilizador".

"Acreditamos que a cooperação EUA-Japão deve aumentar a confiança mútua e a compreensão, bem como beneficiar a paz e a estabilidade regionais", disse Zhao.

O Secretário de Estado norte-americano Antony Blinken voou para a capital do Japão, Tóquio, com o Secretário da Defesa Lloyd Austin, na terça-feira, marcando a primeira visita ao estrangeiro de membros de topo do gabinete do Presidente Joe Biden. A reunião precede as conversações de alto nível entre funcionários chineses e norte-americanos no Alasca, a 18 de março.

CGTN