ptzh-CNen

China afirma que usará 'medidas necessárias' se EUA interferir em Hong Kong.

China e Estados Unidos entraram em rota de colisão por conta das medidas tomadas pelo país oriental em relação a Hong Kong, proibindo protestos e sugerindo que pode retirar a autonomia da região. Ontem, os Estados Unidos afirmaram que estudam impor sanções caso a nova lei de segurança nacional seja aprovada. Hoje, os chineses reagiram e prometeram reagir a interferências dos ocidentais. Ontem a China alertou para uma "nova Guerra Fria" devido ao atual cenário entre as duas potências. A China afirmou que os Estados Unidos "não tem direito de criticar ou interferir". ""Que leis, como e quando a região administrativa de Hong Kong deve legislar são inteiramente do escopo da soberania chinesa", disse o porta-voz do ministério de relações exteriores da China, Zhao Lijian.

1

Kevin Lamarque

Ler artigo completo em: UOL