ptzh-CNen

CEPAL destaca China como principal parceiro comercial a Argentina em meio à pandemia

A Comissão Econômica das Nações Unidas para a América Latina e o Caribe (CEPAL) destacou a China como um importante parceiro comercial para países da região, como a Argentina.

As exportações de bens primários da Argentina para a China permitiram ao país sul-americano manter uma balança comercial positiva quando a pandemia de COVID-19 deprimiu as economias em todo o mundo, segundo a secretária executiva da CEPAL, Alicia Barcena.

"As exportações para a China são muito importantes", disse Barcena à Xinhua em uma videoconferência de Santiago, Chile, onde a agência está sediada. A teleconferência foi realizada para apresentação do relatório "Os efeitos da COVID-19 no comércio internacional e logística".

O valor das exportações regionais está projetado para contrair 23 por cento este ano, com o das importações regionais cair 25% ainda pior do que a contração de 24% registrada durante a crise financeira de 2008-2009, de acordo com o relatório.

“O impacto da pandemia no intercâmbio comercial da Argentina foi muito significativo. As importações acumularam uma queda de 23% no primeiro semestre (de 2020) em relação ao mesmo período de 2019”, disse Barcena.

 

Ler artigo completo em: Xinhua Net