ptzh-CNen

Hong Kong tomará medidas contra a demanda de rótulos "Made in China" dos EUA.

Hong Kong desafiará formalmente uma exigência dos EUA de que mudem a forma como rotula suas exportações, enquanto a cidade luta com as consequências internacionais da imposição de Pequim de uma lei de segurança nacional rígida no território.

O governo do território disse que as novas regras dos EUA - que exigem que os produtos exportados de Hong Kong para os EUA sejam rotulados como "Fabricado na China" - violam as regras da Organização Mundial do Comércio e que "entrará em ação" como resultado.

Por meio do sistema de solução de controvérsias da OMC, os membros geralmente procuram resolver as questões por meio de consultas bilaterais. Se isso falhar, as disputas seguem para um painel.

“A nova regra dos EUA sobre a marcação de origem de produtos de Hong Kong desconsidera o status de Hong Kong como um membro separado da OMC e viola as regras da OMC”, disse um porta-voz do escritório de comércio e desenvolvimento econômico de Hong Kong nesta semana.

 

Ler artigo completo: Financial Times