ptzh-CNen

Retomada da produção na China estabiliza cadeia de abastecimento global.

A montadora chinesa SAIC MAXUS Automotive Co., Ltd. conseguiu contrariar a tendência de recessão da indústria automobilística global em meio à pandemia de COVID-19, com vendas de veículos crescendo 26,4% ano a ano em julho.

"Nossa equipe examinou todos os 1.288 fornecedores para resolver possíveis problemas no início da epidemia, que é cheia de reviravoltas", disse Wang Ying, gerente geral da planta de Nanjing da SAIC MAXUS na província de Jiangsu, leste da China.

"Até pedimos às autoridades locais que ajudassem a transferir peças e até mesmo equipamentos de Wuhan, uma cidade estrategicamente importante da indústria automobilística da China que foi duramente atingida durante a epidemia", disse Wang.

Graças à cadeia de suprimentos resiliente no maior mercado automotivo do mundo, a SAIC MAXUS retomou as operações completas de suas quatro bases de fabricação em 24 de fevereiro.

A indústria automobilística mais ampla da China teve uma recuperação. Dados do Ministério da Indústria e Tecnologia da Informação (MIIT) mostraram que a produção e as vendas de automóveis no país aumentaram 21,9% e 16,4%, respectivamente, em relação ao ano anterior em julho.

Ler artigo completo em: Xinhua.net