ptzh-CNen

Pandemia ajudará economia da China a superar a dos EUA entre 2028 e 2029, diz estudo.

A economia chinesa deverá superar a dos Estados Unidos em 2028 ou 2029, segundo um estudo do Centro de Pesquisas Econômicas do Japão (JCER). A China vai sair da pandemia do novo coronavírus em uma posição de força, de acordo com os pesquisadores. As informações são do jornal Nikkei.

O estudo analisou o impacto da covid-19 em 15 economias da Ásia-Pacífico até 2035. Ele cobre dois cenários principais: um padrão, no qual a crise é um evento transitório, como um terremoto, e um cenário "agravado", que destrói tendências estruturais como globalização, urbanização e inovação. Nos dois cenários, é esperado que o rápido sucesso da China em conter o coronavírus ajude o país a superar os Estados Unidos até o fim desta década.

"Devido ao impacto do novo coronavírus, espera-se que muitos países sofram taxas de crescimento profundamente negativas em 2020. Mas, embora as infecções por covid-19 tenham se espalhado para quase todos os países do mundo, nem todos eles foram afetados no mesmo grau", diz o relatório. "As diferenças vistas agora farão uma diferença considerável na escala econômica dos países daqui a 15 anos."

Em 2020, apenas China, Vietnã e Taiwan estão no caminho para manter taxas de crescimento ano a ano positivas, segundo a pesquisa. Mas o cenário padrão pressupõe que, em quatro ou cinco anos, as principais variáveis econômicas retornarão às tendências observadas antes da crise global de saúde.

Valor Investe - Globo