ptzh-CNen

Investimento estrangeiro na China supera pela primeira vez o dos Estados Unidos.

A China ultrapassou os Estados Unidos no volume de investimento estrangeiro que recebeu ao longo do ano passado, tornando-se desta forma o líder mundial.

O novo investimento de empresas estrangeiras nos Estados Unidos caiu 49% em 2020, de acordo com os números divulgados pela Organização das Naões Unidas (ONU) este domingo, e avançadas pelo Wall Street Journal. Já no que diz respeito à China, este investimento aumentou 4% no ano passado.

As posições destes dois gigantes no ranking, que assim se mantinham há largos anos, inverteram-se depois de a nação oriental ter sido mais bem-sucedida na contenção da pandemia, que surgiu precisamente no seu território. O produto interno bruto (PIB) da China cresceu no ano passado, enquanto no resto do mundo se verificavam contrações acentuadas.

Desta forma, a China parece estar cada vez mais a assumir o papel central na economia global, um lugar dominado até agora pelos Estados Unidos. Apesar das alterações, esta segunda nação continua a beneficiar de um bolo muito maior de investimento estrangeiro em termos acumulados. 

Na União Europeia, a quebra no investimento foi ainda mais acentuada que do outro lado do Atlântico: 71%.

Jornal de Negócios