ptzh-CNen

China registra aumento recorde nas exportações no início de 2021.

As exportações da China cresceram 60,6% no primeiro bimestre deste ano na comparação com janeiro e fevereiro de 2020, de acordo com dados anunciados neste domingo (7).

Esta é a maior taxa de progressão desde fevereiro de 1995 e é muito superior às previsões dos economistas, que previam um crescimento de 40%.

O resultado é um sinal da recuperação da segunda economia mundial paralisada no ano passado pela pandemia de Covid-19.

No ano passado, em meio à pandemia, o país não revelou os dados de exportação de janeiro, fazendo a divulgação conjunta do bimestre. A publicação mensal foi retomada posteriormente.

O aumento das exportações em 2021 deve-se principalmente à forte demanda por produtos médicos e equipamentos para trabalho remoto, principalmente computadores.

A fraca base de comparação com o mesmo período de 2020 também contribuiu para essa progressão recorde.

Por outro lado, as compras de produtos estrangeiros cresceram 22,2%, número também superior às previsões dos analistas (16%).

Em dezembro, as importações da China aumentaram 6,5% no comparativo anual.

G1