ptzh-CNen

China e Brasil estudam mecanismo de conversão cambial.

Os reguladores financeiros da China e do Brasil estão a estudar a possibilidade de criar um mecanismo de conversão cambial directa entre as moedas dos dois países, revelou na terça-feira o Vice-Presidente brasileiro, Hamilton Mourão.

Numa entrevista à Xinhua, o governante defendeu que este mecanismo iria reduzir os custos de transacção tanto em operações de investimento como na exportação de produtos brasileiros para a China.

Os dois países estão já a preparar a sexta reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação, prevista para 2021, no Brasil, revelou Hamilton Mourão à agência noticiosa estatal chinesa.

Hamilton Mourão, também Presidente do Conselho Nacional da Amazónia Legal, disse que irá apresentar às autoridades chinesas uma carteira de projectos de infra-estruturas, bioeconomia, agricultura de baixo carbono, entre outras iniciativas de desenvolvimento sustentável e preservação da floresta para o norte do Brasil.

 

Ler artigo completo em: Fórum China-PLP