ptzh-CNen

China envia ajuda humanitária ao Sudão.

A China oferecerá ajuda humanitária de emergência no valor de 300.000 dólares americanos ao Sudão, disse o embaixador chinês no Sudão, Ma Xinmin, na segunda-feira.

"Acreditamos que o governo e o povo sudanês serão definitivamente capazes de superar as enchentes e reconstruir suas casas o mais rápido possível", disse Ma em uma recepção virtual realizada na embaixada chinesa em Cartum para comemorar o 71º aniversário da fundação da República Popular da China.

Ele também expressou condolências às vítimas do desastre das enchentes, observando que "estamos dispostos a fornecer apoio e assistência ao lado sudanês dentro de nossa capacidade".

Enquanto isso, Sheikh Khidir, conselheiro sênior do primeiro-ministro sudanês, disse que "o Sudão sempre aprecia o apoio chinês em fóruns internacionais, a valiosa assistência chinesa para combater a pandemia do coronavírus e o apoio em dinheiro para que o Sudão enfrente as inundações e chuvas torrenciais que atingiu recentemente o Sudão."

Por sua vez, Ali Yousif, diretor executivo da Liga das Sociedades de Amizade Árabe-Chinesa, uma afiliada da Liga Árabe com sede no Sudão, elogiou as posições de apoio da China aos países árabes.

“O apoio da China aos países árabes no combate ao coronavírus provou que vivemos em um mundo de destino comum, que é um dos conceitos mais importantes da Iniciativa Belt and Road”, disse Yousif.

As inundações e chuvas torrenciais que recentemente atingiram o Sudão mataram dezenas de pessoas e destruíram milhares de casas.

 

Ler artigo completo em: Xinhua.net