ptzh-CNen

China criará mais um centro de proteção de direitos de propriedade intelectual.

A China aprovou o estabelecimento de mais um centro para reduzir o tempo de processo e o custo da proteção dos direitos de propriedade intelectual (DPI), anunciou a Administração Nacional de Propriedade Intelectual nesta segunda-feira.

O centro, a ser estabelecido na Província de Fujian, leste do país, oferecerá serviços rápidos, como revisão, verificação e proteção de DPI para empresas nas indústrias de equipamentos de maquinaria e tecnologia da informação.

Até agora, a China tem 41 centros de proteção de DPI em todo o país.

Ao estabelecer estes órgãos em cooperação com os governos locais, a administração lançou a proteção colaborativa de DPI em 2016 para tratar das dificuldades na obtenção de evidências e reduzir a duração e os custos envolvidos na proteção de DPI.

Xinhua