ptzh-CNen

Pequim reforçará observação para viajantes que chegam ao país para conter a COVID-19.

Pequim estenderá o período de observação de saúde para 28 dias para que os viajantes estrangeiros possam evitar a importação de casos COVID-19, de acordo com uma coletiva de imprensa realizada pelas autoridades municipais na terça-feira.

O novo modelo "14 + 7 + 7" compreende a quarentena médica centralizada de 14 dias, uma semana de isolamento domiciliar ou quarentena centralizada e outra semana de monitoramento de saúde.

Indivíduos que chegam através de outras cidades domésticas têm que esperar 21 dias antes de entrar na capital chinesa, e é necessário um monitoramento de saúde de sete dias a sua entrada.

Para aqueles com um período de entrada de menos de 21 dias, mas que já estão em Pequim, o isolamento deve ser o "7 + 7" e o monitoramento de saúde devem ser concluídos aqui, disseram as autoridades locais.

Durante o monitoramento de saúde de sete dias, as pessoas podem seguir suas rotinas normais, evitando reuniões. Eles também são aconselhados a relatar regularmente suas condições de saúde às comunidades locais.

 

China.org.cn