ptzh-CNen

China construirá 30 fábricas 5G "totalmente conectadas" até 2023.

A China pretende construir 30 fábricas "totalmente conectadas" com 5G em 10 setores-chave até 2023, já que o país acelerou o desenvolvimento da Internet industrial por meio da integração com tecnologias 5G.

Três a cinco plataformas industriais de Internet com influência internacional serão criadas e um centro de big data para Internet industrial será estabelecido até 2023, disse um plano de ação para o desenvolvimento da Internet industrial para os próximos três anos, que foi divulgado pelo Ministério da Indústria e Informatização (MII).

O plano de ação apontou que os próximos três anos (2021-2023) serão o período de rápido crescimento da Internet industrial da China. Os formatos de negócios emergentes prevalecerão durante o período, como manufatura inteligente, colaboração baseada em rede e customização personalizada.

A Internet industrial, também conhecida como Internet das Coisas (IoT) para a indústria, refere-se à adoção mais ampla de tecnologias avançadas, como redes sem fio de próxima geração, big data e inteligência artificial e IoT.

Dados do MII mostraram que a China já alimentou mais de 70 plataformas industriais de Internet em influência regional, conectando cerca de 60 milhões de conjuntos de equipamentos industriais e mais de 400 mil empresas industriais.

Xinhua