ptzh-CNen

Cônsul-geral em Macau quer mais angolanos a aprender chinês.

O Cônsul-Geral de Angola em Macau, Eduardo Velasco Galiano, quer mais estudantes angolanos a aprender chinês e a tornarem-se professores de língua chinesa, avançou o Instituto Politécnico de Macau (IPM). O IPM revela num comunicado que uma delegação do Consulado-Geral de Angola visitou na sexta-feira o campus da instituição para um encontro com o Presidente Marcus Im Sio Kei sobre cooperação nas áreas do ensino superior e formação de recursos humanos.

O diplomata acrescentou desejar que mais angolanos estudem Ensino da Língua Chinesa como Língua Estrangeira e Administração Pública no IPM, para reforçar a cooperação entre Angola e a China, refere o comunicado.

 Ler artigo completo em: Fórum China PLP