ptzh-CNen

Macau forma quadros financeiros para ligar China à lusofonia.

A Autoridade Monetária de Macau (AMCM) quer organizar cursos, estágios e acções de formação para treinar quadros com capacidade de prestar serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O Presidente da AMCM, Benjamin Chan Sau San, disse que o regulador financeiro vai organizar cursos de formação através do Instituto de Formação Financeira de Macau.

O Instituto é uma parceria entre a AMCM, a Associação de Bancos de Macau, a Associação de Seguradoras de Macau e a Associação de Mediadores de Seguros de Macau.

O responsável disse ainda que a AMCM vai encorajar os quadros financeiros de Macau a realizar estágios em empresas localizadas na China e nos Países de Língua Portuguesa.

As declarações de Benjamin Chan surgiram em resposta uma interpelação em que o deputado Leong Sun Iok defendia que Macau vai precisar de talentos na área financeira que dominem as línguas chinesa e portuguesa.

 

Ler artigo completo em: Fórum China-PLP