ptzh-CNen

Macau pode promover tecnologia financeira chinesa, diz analista.

Os laços entre Macau e os Países de Língua Portuguesa podem ser importantes para o futuro da tecnologia financeira chinesa, defende Oriol Caudevilla, membro dos comités de ‘blockchain’, banca digital e Grande Baía da Associação de Tecnologia Financeira de Hong Kong. Num artigo de opinião publicado pela Macau News Agency na segunda-feira, o analista defende que o futuro da cidade passa pelos serviços financeiros, através das oportunidades criadas pela integração da Lusofonia na iniciativa chinesa “Uma Faixa, Uma Rota”.

Um novo mercado de valores denominado em yuan com base em Macau poderia ajudar as empresas tecnológicas da Grande Baía Guangdong-Hong Kong-Macau a captar investimento, tal como a bolsa norte-americana Nasdaq, e diversificar a economia da cidade, diz Oriol Caudevilla.

O Ministério chinês do Comércio anunciou em Agosto que um projecto piloto para uma moeda digital chinesa iria começar em breve em várias áreas do país, incluindo em Macau, lembrou o analista no artigo divulgado pela agência noticiosa local.

Ler artigo completo em: Fórum China-PLP