ptzh-CNen

Empresa chinesa vai construir fábrica de baterias na Alemanha.

A empresa chinesa de alta tecnologia SVOLT Energy Technology Co., Ltd anunciou na terça-feira que vai construir sua primeira fábrica de células de bateria na Europa, na Alemanha.

Este é um "investimento âncora no futuro da indústria automotiva no Sarre", disse Tobias Hans, ministro-presidente do estado onde a fábrica do SVOLT será construída, em uma entrevista coletiva.

SVOLT, um spin-off da montadora chinesa Great Wall Motors, iria investir até dois bilhões de euros (US $ 2,4 bilhões) em duas unidades de produção, com o objetivo de criar até 2.000 empregos na Alemanha, de acordo com um comunicado divulgado pela SVOLT Energy Technology Europe.

A unidade de produção de células de bateria, com início de produção previsto para o final de 2023, tem capacidade de produção planejada de 24 gigawatts-hora (GWh), o que é suficiente para abastecer de 300 mil a 500 mil carros elétricos por ano, segundo o comunicado.

Uma fábrica adicional para módulos e pacotes de bateria localizada em um local industrializado seria "adaptada para a produção de módulos e pacotes" e está programada para iniciar a produção em meados de 2022, de acordo com a SVOLT Europa.

No Salão Automóvel de Frankfurt (IAA) 2019, o SVOLT anunciou um local de produção europeu e deu início a um processo de seleção avaliando mais de 30 locais em toda a Europa.

"Selecionamos Saarland como nosso primeiro local de produção europeu para os produtos de ponta da SVOLT por uma série de razões: não está apenas no coração da Europa, mas também representa uma região de inovação e tecnologia para a indústria automotiva", disse Hongxin Yang, presidente e gerente geral da SVOLT Energy Technology.

Ler artigo completo: China.org.cn