ptzh-CNen

Exposição de 'Memórias do Surrealismo' de Salvador Dali chega a Pequim.

Como a arte transcende fronteiras, nem mesmo as restrições de viagem induzidas pelo Coronavírus poderiam impedir que as obras de arte de Salvador Dali viessem à China.

Três das coleções de Dali chegaram a Pequim, dando aos entusiastas da arte um vislumbre do mundo surrealista.

A exposição "Memórias do Surrealismo" na 798 Art Bridge Gallery é uma festa visual do bizarro e do confuso.

As expressões exageradas e bigode extravagante de Dali, fizeram dele uma figura memorável, e suas obras de arte prontas para sair deste mundo garantiram que seu legado nunca fosse esquecido. O show de Pequim faz jus a toda a reputação de Dali.

 

Ler artigo completo em: CGTN

Centro Cultural da China em Israel lança exposição de fotos on-line 'Our Silk Road'.

O Centro Cultural da China, na cidade israelense de Tel Aviv, lançou na segunda-feira uma exposição on-line com o tema "Nossa Rota da Seda".

Um total de 60 fotos, capturadas por fotógrafos que participaram da quinta Conferência Mundial de Fotografia realizada na província de Shandong, leste da China, em agosto de 2017, são apresentadas nesta exposição de fotos on-line.

Sob a colaboração entre o Ministério da Cultura e Turismo da China e o Centro Cultural da China em Tel Aviv, a exposição, com duração de um mês, visa dar ao público israelense a oportunidade de apreciar fotos incríveis e aprender mais sobre a rica cultura e tradições ao longo da Rota da Seda.

 

Ler artigo completo em: China.org.cn

Exposição de fotos sobre a luta global contra o COVID-19.

Uma exposição de fotografia, apresentando a luta global contra o COVID-19 através das lentes de mais de 100 fotógrafos em todo o mundo, está disponível online.  Com o tema "Ampliando o COVID-19", a exposição durará seis meses em oito idiomas, incluindo chinês, inglês, árabe, francês e russo.

 

Ler artigo completo em: China.org.cn

Festival do Barco-Dragão.

 

O Dragon Boat Festival, também chamado de Duanwu Festival, é tradicionalmente comemorado no quinto dia de o quinto mês no calendário lunar chinês. 

O Barco-Dragão é uma embarcação movida a tração humana, originária da província de Guangdong, no sul da China. Na sua origem está a celebração da morte do poeta , diplomata e conselheiro real, Wât-Yun, que apoiou uma deslocação do imperador a um reino vizinho mal sucedida. Wât-Yun atirou-se ao Rio Mek Lo.

Quando os barcos que o iam resgatar se aproximavam do corpo, os remadores atiraram bolinhos de arroz para saciar os monstros marinhos, ao mesmo tempo que batiam com os remos para os afugentar.

 


Ler artigo completo: China.org.cn

 

 

Macau: Semana da Cultura Chinesa decorre até quinta-feira.

Durante esta semana Macau celebra a “Semana da Cultura Chinesa”, uma iniciativa promovida pela Fundação Rui Cunha, pelo Jornal Hoje Macau e pela editora Livros do Meio. Ao longo dos dias, serão lançados sete livros, cinco dos quais traduzidos pela primeira vez do chinês para o português. Pensamento, poesia, etnografia, estratégia militar e teoria da pintura são os temas abordados no lançamento dos livros durante a semana cultural durante cinco dias, pelas 18:30 (11:30 em Lisboa).

 

Ler artigo completo em: Nihao Portugal

 

Mais artigos...