ptzh-CNen

A batalha do 5G: como o Brasil se envolveu na disputa entre EUA e China.

A briga pelo monopólio da tecnologia 5G mundial está no centro da guerra comercial entre China e Estados Unidos. O governo americano elevou o tom contra os serviços fornecidos pela chinesa Huawei, ao afirmar em uma nota divulgada pela Embaixada em Brasília que o mundo deve resistir ao “estado de vigilância do Partido Comunista Chinês”. Alvo de lobby de ambas as nações,o Brasil foi colocado em uma posição delicada na disputa.

A Huawei deixa claro seu interesse em participar da implantação da tecnologia no país. Porém, ao mesmo tempo em que tenta conservar os laços com a China – o maior parceiro comercial brasileiro –  o governo de Jair Bolsonaro também força uma aproximação com os Estados Unidos.  

O governo americano alega que a tecnologia da Huawei representa uma ameaça à segurança nacional nas nações que a adotam, pela proximidade da empresa com o governo chinês, e protagoniza uma campanha para influenciar seus aliados a escolher tecnologias alternativas à oferecida por Pequim. 

 

Leia artigo completo em: Veja