ptzh-CNen

António Guterres: um mundo dividido entre a China e os Estados Unidos será "extremamente perigoso".

"O problema não é novo, uma vez que já há alguns meses referi que esta grande rotura que ameaça dividir o mundo em duas áreas, com duas economias separadas, com duas moedas dominantes, com regras económicas e comerciais distintas, com Internet e estratégias de inteligência artificial diferentes, um mundo dividido em dois seria extremamente perigoso e teria, inevitavelmente, consequências a prazo nos domínios da paz e segurança", afirmou Guterres numa entrevista à estação de televisão portuguesa RTP.

Insistindo na ideia de que, tendo em conta a atual pandemia, é necessário "um esforço global concertado", os "dois países mais poderosos do mundo, a China e os Estados Unidos", aliado ainda ao facto de estarem "profundamente divididos", tem "limitado fortemente" a capacidade da comunidade internacional responder à pandemia.

 

 

Ler artigo completo em: Notícias ao Minuto