ptzh-CNen

UE põe ambições da China na mira com tarifa inédita sobre importações.

A União Europeia tomou esta uma medida sem precedentes, que poderá ser o primeiro passo para travar as ambições comerciais da China. Pela primeira vez, o bloco decidiu avançar com tarifas sobre importações devido a subsídios concedidos por um Estado a exportadores sediados noutro país, e que criam distorções de mercado. Até ao momento, a União Europeia só havia direcionado estas penalizações a subsídios concedidos pelo país de onde as exportações tinham origem.

"É um caso histórico que pode levar a muitos outros semelhantes", afirmou Agatha Kratz, diretora associada do Rhodium Group, que faz pesquisa sobre as relações UE-China e diplomacia comercial chinesa. "O apoio estatal chinês está generalizado além das fronteiras da China, com efeitos distorcidos na UE e noutros lados", acrescentou a responsável.

 

 

Ler artigo completo em: Jornal de Negócios