ptzh-CNen
  • Home
  • Notícias
  • China - EUA
  • China aconselha os EUA a parar de divulgar o chamado “Relatório de Liberdade Religiosa” anual

China aconselha os EUA a parar de divulgar o chamado “Relatório de Liberdade Religiosa” anual

Os Estados Unidos divulgaram, no dia 12, o “Relatório Internacional de Liberdade Religiosa de 2020”, continuando a acusar as políticas religiosas e a situação da liberdade religiosa na China. Sobre este facto, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Hua Chunying, disse, na quinta feira, que o chamado relatório dos EUA é cheio de preconceito ideológico, calunia as políticas religiosas da China e continua a espalhar informações falsas, interferindo nos assuntos internos do país. A China opõe-se resolutamente a isso.

Hua Chunying afirmou que a China aconselha os EUA a respeitar os factos e a abandonar o preconceito, a parar de divulgar o chamado relatório anual e de usar questões religiosas para interferir nos assuntos internos do país asiático.

CRI