ptzh-CNen

Financial Times: Importação da China aumenta perspectivas do cinturão de fazendas dos EUA.

A importação da China aumenta perspectivas do cinturão de fazendas dos EUA, aponta um artigo publicado no jornal britânico Financial Times. Segundo a publicação, os EUA estão no caminho para alcançar um recorde de US$37,2 bilhões em exportação de produtos agrícolas para a China este ano, liderado pela soja, milho, nozes, carne bovina, trigo e aves, prevê o Departamento de Agricultura norte-americano.

Dados mostram que a China já importou ou reservou 23,2 milhões de toneladas de milho norte-americano para o ano de comercialização que termina em agosto. Há 5 anos o país importou menos de 200 mil toneladas. Os preços do milho e da soja nesta primavera se aproximaram do nível mais alto alcançado em todos os tempos.

Joseph Glauber, ex-economista-chefe do Departamento de Agricultura dos EUA, considerou a recuperação parcial da indústria de porcos da China, afetada pela febre suína africana, como uma força atrás da demanda de grãos de alimentação. “Não acho que este é um fenômeno temporário e a China continuará a ser um importador muito forte”, avaliou o especialista.

CRI