ptzh-CNen

Vendas no varejo da China sobem 33,9% no primeiro trimestre

As vendas no varejo de bens de consumo na China, um indicador importante da força do consumo do país, subiram ainda mais no primeiro trimestre deste ano, com a recuperação da economia do impacto da COVID-19.

No primeiro trimestre, as vendas no varejo subiram 33,9% ano a ano, para 10,5 trilhões de yuans (US$ 1,6 trilhão), revertendo as quedas no primeiro trimestre de 2020, informou o Departamento Nacional de Estatísticas (DNE) nesta sexta-feira.

O crescimento médio do primeiro trimestre nos últimos dois anos foi de 4,2%, disse o DNE.

Em março, as vendas no varejo aumentaram 34,2% em relação ao ano e 12,9% acima do nível de 2019. O crescimento médio de dois anos foi de 6,3%.

O setor de catering relatou um aumento de 75,8% na receita com relação ao ano anterior no primeiro trimestre, uma vez que o setor mais atingido continuou a se recuperar das interrupções da COVID-19.

O consumo online manteve um crescimento estável, com as vendas no varejo online crescendo 29,9% em termos anuais no primeiro trimestre.

Os dados de sexta-feira mostraram que o produto interno bruto (PIB) da China atingiu 24,93 trilhões de yuans no primeiro trimestre, um aumento anual de 18,3%.

CRI