ptzh-CNen

Ministério do Comércio chinês diz que China foi o maior beneficiário do investimento estrangeiro em 2020

O Ministério do Comércio da China (MOFCOM, na sigla inglesa) disse, nesta sexta feira, que através da contribuição do setor dos serviços, que tinha visto um aumento estável em termos de investimento estrangeiro, a China se tornou no maior beneficiário mundial de investimento estrangeiro em 2020, apesar do impacto da pandemia COVID-19.

Zong Changqing, chefe do departamento de investimento estrangeiro do MOFCOM, disse, nesta sexta feira, numa conferência de imprensa sobre a abertura do setor dos serviços, que nos últimos anos a China tinha feito esforços em três áreas, incluindo na redução da lista negativa para aumentar a abertura no setor dos serviços.

Olhando para o futuro, Zong disse que o ministério irá lançar 203 projetos-piloto para uma maior abertura do sector dos serviços em quatro cidades e províncias, incluindo Tianjin, Shangai e a província de Hainan, no sul da China.

De acordo com Zong, os novos projetos envolverão 12 grandes campos no setor dos serviços, incluindo tecnologia, finanças e educação.

A lista negativa de acesso ao mercado do país foi reduzida para 33 termos em 2020 de 93 em 2015. De acordo com Zong, dos termos deduzidos, 30 estão relacionados com o sector dos serviços.

Zong afirmou ainda que o Catálogo de Indústrias de Incentivo ao Investimento Estrangeiro também foi expandido nos últimos cinco anos, uma vez que o número de termos aumentou para 480 em 2020, de 349 em 2015.

Além disso, a China promoveu projetos-piloto para atrair o investimento estrangeiro no sector dos serviços. Citando Pequim como exemplo, Zong disse que a capital chinesa lançou três rondas de projetos-piloto nos últimos cinco anos e atraiu 568,6 mil milhões de yuans ($86,26 biliões de dólares) de investimento estrangeiro, representando 14,8% do total da nação no que diz respeito à atração de investimento estrangeiro.

Segundo Zong, “durante o 13º período do Plano Quinquenal (2016-20), o investimento estrangeiro no setor dos serviços atraiu uma taxa média de crescimento anual de 4,4%, o que ajudou a China a tornar-se no maior beneficiário do investimento estrangeiro no mundo em 2020.”

Global Times