ptzh-CNen

China financia desporto nacional com a criação de banco direcionado para o setor

O Guangxi Sports Office vai inaugurar o primeiro banco dedicado à indústria desportiva na China. Segundo a imprensa chinesa, a nova entidade financeira vai explorar o modelo desportivo e financeiro com produtos financeiros especiais para promover o desenvolvimento da indústria desportiva.

Desde 2020, o referido escritório estabelece relações estratégicas de cooperação com as Cooperativas de Crédito Rural de Guangxi, prevendo a criação de um banco temático para o setor. Segundo avança o portal “Palco 23”, como resultado desta colaboração nasceu este projeto, que visa implementar apoios financeiros do Estado para o desenvolvimento da prática específica das políticas da indústria desportiva.

O banco temático da indústria do desporto tem como foco o desenvolvimento e a atuação das empresas do setor, a construção de estádios, a retoma de obras, a produção e a organização de eventos. A proposta inovadora apresenta produtos de crédito financeiro personalizados para esta indústria, projetados para fornecer suporte financeiro para o desenvolvimento sustentável, transformação e aprimoramento de empresas desportivas.

A instituição financeira oferece aos seus clientes diversos serviços, como o crédito comercial para a gestão da atividade diária, que as empresas podem utilizar em função do seu volume de atividade e que lhes permite poupar custos, empréstimos para investimento em ativos fixos, como a construção de grandes instalações desportivas ou a instalação e compra de equipamentos desportivos de grande escala e empréstimos para eventos, que permitem que as empresas tenham liquidez antecipada antes de organizar essas atividades.

Após o início das suas operações a 31 de março, o banco tem como clientes mais de vinte empresas desportivas, como o Li Ning Sports Park, complexo desportivo vinculado à marca desportiva, ou a Shanghai Bo League Sports Development, empresa que assinou em novembro um acordo com o escritório de desportos da região para criar um centro de boxe, a futura sede da nova Associação de Boxe de Guangxi (criada como parte do projeto), que sediará um grande evento internacional, em cooperação com a Federação Internacional de Boxe e a Federação Asiática de Boxe. Ao todo, somam-se empréstimos no valor de 54,3 milhões de yuans (69,5 milhões de euros).

O Guangxi Sports Bureau comprometeu-se a organizar reuniões regulares entre o governo, o banco e as empresas do setor, enquanto explora e desenvolve novos produtos e serviços financeiros especializados para o desporto. Com a proposta, espera gerar um modelo que possa ser replicado e promovido em outras regiões para apoiar o desenvolvimento da indústria do desporto.

A região tem acelerado o desenvolvimento da economia do desporto e da indústria do desporto saudável a tal ponto que, desde 2016, a taxa média de crescimento anual da indústria desportiva ultrapassa 25%. Além disso, construiu ativamente um grande centro regional para hospedar eventos internacionais, com o qual espera expandir a influência de Guangxi através de eventos desportivos de alto nível.

Jornal Económico