ptzh-CNen

China aproveita economia digital para alcançar desenvolvimento inovador.

A economia digital é um caminho para o desenvolvimento futuro do mundo. Ela injetou novas dinâmicas à recuperação da economia mundial frente ao impacto da pandemia de Covid-19.

O Relatório do Desenvolvimento da China Digital (2020), publicado no dia 25 de abril, apontou que o país possui a segunda maior economia digital do mundo e o valor acrescentado das suas indústrias núcleos ocupa 7,8% do PIB.

“Big data pode desempenhar um papel significativo em garantir e melhorar a vida do povo”, indicou o presidente da China, Xi Jinping. Ele salientou que, seja na eliminação das influências da pandemia e no retorno da vida ao trilho normal, seja na pacificação de conflitos e na solução de crises humanitárias, o desenvolvimento centrado no povo é essencial.

O relatório de big data em tempo real sobre a situação pandêmica, o rastreamento de movimento de pessoas em contacto com infectados e o despacho inteligente de recursos de proteção médica, entre outros, são experiências que a China acumulou no uso da big data no combate à pandemia.

A Colômbia, República Tcheca, Gana, Noruega e Nova Zelândia aprenderam com a experiência chinesa e introduziram aplicativos semelhantes ao código de saúde chinês, com a finalidade de proteger o público do coronavírus e avaliar o risco de contaminação.

Porém, o progresso da internet traz um “abismo digital” para o mundo devido às diferenças no nível de digitalização.

Xi Jinping enfatizou a importância de preencher o abismo digital, solucionando os desafios trazidos pela economia digital para o emprego, as receitas fiscais e o grupo mais vulnerável na sociedade.

Os resultados da construção da “China digital” estão beneficiando os países e regiões ao longo do Cinturão e Rota. Empresas chinesas ajudaram a estabelecer um sistema eletrônico de carta de condução que envolve 50 milhões de pessoas na Indonésia. Em Moçambique, cientistas chineses aproveitam a big data para apoiar o avanço agrícola. Estudantes do Egito conseguem ter uma melhor experiência de estudo nas salas de aula inteligentes fornecidas por companhias chinesas.

Na era da big data, o rápido avanço da economia digital injeta uma nova dinâmica para o crescimento econômico da China. E o país promoverá todas as nações do mundo a entrarem no trem expresso do desenvolvimento da internet e economia digital.

CRI