ptzh-CNen
  • Home
  • Notícias
  • Política chinesa
  • Perito chinês afirma que taxa de vacinação da China sobe para 12,2%, mas inoculação global precisa de ser apressada

Perito chinês afirma que taxa de vacinação da China sobe para 12,2%, mas inoculação global precisa de ser apressada

A taxa de vacinação contra o coronavírus chinês subiu para 12,2%, o oitavo maior do mundo, fazendo da China o segundo maior país em termos de doses totais de vacinas administradas.

Segundo Zhang Wenhong, o maior especialista em doenças infeciosas do país,q ue escreveu na sua conta Sina Weibo durante o fim-de-semana, o país está prestes a tornar-se o número um em número de doses administradas.

Mais de 187,37 milhões de doses de vacinas COVID-19 foram administradas na China até 16 de abril, disse a Comissão Nacional de Saúde no sábado. Agora, as cidades chinesas estão a intensificar os esforços para construir em conjunto barreiras imunitárias.

Shangai, uma cidade com mais de 20 milhões de residentes permanentes, já administrou mais de 10 milhões de doses. E, na província de Hainan, no sul da China, com 9,5 milhões de residentes permanentes, foram inoculadas mais de 5 milhões de doses.

Zhnag escreveu que desde a pandemia de gripe H1N1 em 1918, passando pela SARS em 2003, pela pandemia H1N1 em 2009, até à gripe das aves H7N9 em 2013, os seres humanos nunca foram forçados a fechar por uma pandemia durante tanto tempo, e o futuro permanece incerto. 

Escreveu ainda que é uma sorte que o mundo tenha chegado ao entendimento de que o que irá realmente proteger os nossos seres humanos são as vacinas.

A barreira imunitária é "a nossa linha de vida" contra a pandemia, segundo Zhang, observando que embora existam alguns desacordos e controvérsias no mundo em torno de algumas vacinas, os seres humanos pertencem a uma mesma família, mesmo quando não estão de acordo.

Global Times