ptzh-CNen

Partido Comunista Chinês é o partido mais bem-sucedido nos últimos cem anos, diz pesquisador de Cambridge.

O Partido Comunista da China (PCCh) é diferente de qualquer outro partido político do mundo. Sua existência nos leva a repensar o que é um partido político. O PCCh é um fenômeno especializado da China. A principal razão de seus sucessos nos últimos cem anos é combinar uma grande força de reforma com a sociedade e a cultura chinesa.

O mundo ocidental falhou muito em compreender o PCCh. Essa ignorância atingiu um novo patamar após 2016. O PCCh é considerado igual ao Partido Comunista da União Soviética (PCUS). No entanto, os dois não têm quase nada em comum. O fracasso do PCUS na história foi desastroso, mas o PCCh é o partido mais bem-sucedido nos últimos cem anos. De fato, antes de 1949, ano da fundação da República Popular da China, o marxismo do PCCh já havia sido estabelecido. O PCCh tem sua raiz no confucionismo, melhor dizendo, é uma mistura de marxismo e confucionismo. Ele é tão complexo quanto a civilização chinesa.

O Ocidente acredita firmemente que o sistema de partido único é insustentável porque carece de força motriz para a reforma. Mas isso não corresponde à história do PCCh. Por exemplo, Deng Xiaoping aplicou determinadamente no final dos anos 70 do século passado a política de reforma e abertura ao exterior. Essa mudança fundamental no caminho de desenvolvimento só pode ser realizada por um partido político profundamente enraizado na sociedade de um país e com forte autoconfiança.

Os países ocidentais prestam mais atenção às eleições e menos à capacidade de governança. Mas a China coloca a governança em primeiro lugar. A história milenar da China mostrou que sem uma forte força nacional, a sociedade chinesa não funciona. O rápido crescimento da economia chinesa nos últimos 40 anos e o controle eficaz da pandemia são dois bons exemplos de que a China tem uma extraordinária capacidade de governança.

A história, a cultura e o volume fazem com que a China seja única no mundo. Por isso, o país nunca pensa se é ou não um bom modelo de governança para os outros, nem exige aos outros que sejam como ela. Mesmo com enormes êxitos alcançados, o PCCh não acha que seu sistema político é aplicável em qualquer outro país. Isso também é diferente aos EUA, Reino Unido e ex-União Soviética que propagam seus conceitos de valores como universais.

Segundo os planos do PCCh, até 2049, ou seja, 100 anos após a fundação da República Popular da China, será construído um país socialista com prosperidade, democracia, civilidade e harmonia. Não podemos prever qual será o nível que a China alcançará, mas acredito que o PCCh continuará sendo o melhor líder para este país.

CRI