ptzh-CNen

Grécia olha para investimento chinês em meio à recuperação pós-pandémica

Os funcionários gregos dizem que querem impulsionar o investimento da China para ajudar a economia do país a recuperar da pandemia da COVID-19.

Uma cimeira em linha reuniu, na quinta feira, com empresas das duas nações, uma vez que Atenas pretende desempenhar um papel mais importante na Iniciativa Faixa e Rota (BRI, na sigla inglesa) da China.

A BRI procura construir rotas comerciais e de infraestruturas ao longo da antiga Rota da Seda e é a assinatura da política externa de Pequim.

O ministro do desenvolvimento e investimentos da Grécia, Adonis Georgiadis, disse que o seu governo queria "restabelecer a forte relação com a China" que tinha antes da COVID-19.

Segundo Georgiadis, "é claro que a pandemia atrasou o processo, porque ainda não é possível ter viagens mútuas entre a Grécia e a China, mas queremos assegurar aos nossos homólogos que estamos aqui para resolver os problemas."

CGTN